Sabemos olhar!

7 de dez de 2011

RESENHA DA MÚSICA ESTRADA NOVA

O pensador: ‘E que a minha loucura seja perdoada. Porque metade de mim é amor e a outra metade...também”. é o mesmo da Música Estrada Nova, Oswaldo Montenegro.

Pouco é o gênero que me agrada, e músicas que debicam a emoção são pouquíssimas, seleção crítica a minha.

Na época do vinil, bradavam: Troca o disco, vira o disco! Vai furar o disco? (Nas repetidas execuções de uma determinada música).

Atualmente, só precisamos dá um clic no “Repetir” do WMediaPlayer e não ter receio em furar o disco, pois, mudou a forma das execuções mas não mudou o impulso por elas escolhidas.

Por um ano e alguns meses, especialmente essa música, foi configurada na minha chamada de telefone, hoje não mais; além de ser a escolhida nos meus momentos de “veludos”.

Aqui falaremos sobre essa Estrada Nova, não na interpretação intima e confidencial do autor, mas no que é inerente ao apreciador em resenhas, e quem sabe dará a resposta do porquê que ela é tão boa letra e melodia.

Estrada Nova - Oswaldo Montenegro

Eu conheço o medo de ir embora
Não saber o que fazer com a mão
Gritar pro mundo e saber
Que o mundo não presta atenção

Quando estamos diante de uma novidade, um caminho à seguir, uma direção à escolher, numa madrugada longa, pessoas que não conhecemos, situações inesperadas, lugares sem acentos, um final que não decidimos e não podemos pedir auxílio.

Não saber o que fazer com a mão, lembra-me uma timidez que busca função para esconder toda tensão. E mesmo na satisfação do grito, não trará um resultado, nem atenção de ninguém.

Eu conheço o medo de ir embora
Embora não pareça, a dor vai passar
Lembra se puder
Se não der, esqueça
De algum jeito vai passar

Declarar ter medo dessas novidades, é querer ser um peixe no meio do mar, que exerce a sua melhor arte: Fugir, escapar, deslizar até que se sinta seguro novamente, e não somente o medo, mas toda dor passará.
O sol já nasceu na estrada nova
E mesmo que eu impeça, ele vai brilhar
Lembra se puder
Se não der esqueça
De algum jeito vai passar

O sol já nasceu na estrada nova - esta é a esperança, a dissipação de todo o medo, a clareza dos detalhes, a redundante força, a direção bem tomada, pessoas em quem confiamos, lugares confortáveis, e em meio a um final que não decidimos mas somos responsáveis por continuar construindo novos finais. E com ou sem adversidades o sol brilhará, indicando e aclarando os ocultos sentimentos.

Eu conheço o medo de ir embora
O futuro agarra a sua mão
Será que é o trem que passou
Ou passou quem fica na estação?


Por persistir, o medo nos trava, tirando nossa noção de vez e espaço, e precisa ser estancado esse medo, lançado fora, deixado distante de nós, e somos surpreendidos pelo futuro agarrando nossas mãos, nos lançando por dentro de uma máquina sem sabermos se estamos andando, ou se é a paisagem ao nosso redor. Essa máquina é a vida.

Eu conheço o medo de ir embora
E nada que interessa se pode guardar
Lembra se puder
Se não der esqueça
De algum jeito vai passar


Restando-me aceitar, que o conhecimento do medo nos faz prudentes e observadores, e aceitar ainda que nada é nosso, que uma estrada é para ser seguida e nela nos garante apreciar o por do sol no horizonte.


Sentimentos que vislumbro ao ouvir tal melodia.

22 comentários:

  1. Não conhecia a música, Keyla, gostei de ouví-la e apreciá-la de acordo com a tua visão.

    =)

    Bonita.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Keyla!
    Passei para agradecer por seguir o Salto15 Vermelho e conhecer o teu espaço, acabei ficando não só para retribuir a gentileza, mas por encontrar um lugar aconchegante e de leitura agradável.

    Sou apaixonada pelas composições do Oswaldo Montenegro. A primeira vez que ouvi essa canção, entrei em profundo êxtase, pois nos leva a tantas interpretações e a clara resiliência nos renova.

    Gostaria ainda de indicar um site de análise de letras de músicas, não sei se vc conhece, mas com certeza a tua contribuição seria enriquecedora. Trata-se do http://analisedeletras.com.br, nele os leitores interagem e analisam livremente as composições.
    Não sou marketeira do site (rs), mas acredito que o que é bom deve ser compartilhado.

    No mais, agradeço novamente e a convido a voltar outras vezes ao Salto15 e compartilhar conosco de tuas experiências. Cérebros saboreáveis são sempre bem-vindos.

    Bjo grande e abraço na alma.
    Diva L.

    ResponderExcluir
  3. Luna amada!

    Estava esperando vc aqui...srsrs Minha espera valeu apena, pq é sempre carinhosa, sensível e terna.

    É tão bom os nossos "espaços", construímos não somente conteúdos, mas amigos e posso sentir essa amizade em vc.

    Um grande beijo! Fica com Deus!

    ResponderExcluir
  4. Diva Obrigada pelas palavras!

    Fiquei muito feliz com o que escreveu... Vou sim, no site q indicou...srsrs Será que serei aceita?!!!

    Essa música é belíssima, nos impulsiona não é mesmo? Apresenta fragilidade, insegurança e ao mesmo tempo uma certeza, podemos criar muitos desenhos.

    Obrigada mais um vez! Estarei sempre te visitando!

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá...vim, te visitar, te oferecer o cartão de Natal do Toque e deixar um beijinho-
    san

    ResponderExcluir
  6. Keyla, desejo a ti, teus familiares e todos os visitantes do teu blog um Feliz Natal. Aproveito para informar que dia 02 de janeiro estreia Urbanascidades 2012, igual mas...diferente.
    Paulo Bettanin.

    ResponderExcluir
  7. Passando para desejar que o seu Natal seja de Paz, Bondade, Solidariedade, Amizade e Amor. Um Feliz Natal !!!

    ResponderExcluir
  8. Здравствуйте.
    В эти святые дни Рождества Христова, хочу поздравить вас с праздником. В этот день Христос пришел, чтобы спасти наш Мир от Тьмы.
    Желаю вам, чтобы светлый праздник вам подарил тепло, и уют в ваш дом, здоровья вам и вашим близким.
    С Рождеством Христовым и с Новым годом.
    Воеводин Дмитрий.

    ResponderExcluir
  9. Belo post...Espectacular....
    Votos de continuação de Boas Festas....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  10. Olá. passei para dizer o quanto de como você "traduz" a letra desta musica. É algo no âmbito espiritual, ao meu ver. Parabens, Emuito obrigado por estar seguindo o meu blog. Passe lá quando quiser. Tenha um Grande 2012! E que o Todo Poderoso seja o seu amparo na estarda da vida.

    ResponderExcluir
  11. Muito bom teu espaço!
    Lhe seguindo já. Me visite , ficarei feliz.

    Bela semana! Beijos

    Dan

    ResponderExcluir
  12. Essa música é lindíssima, parabéns pelo bom gosto, feliz 2012, bjos.

    ResponderExcluir
  13. Keyla Carvalho, muito legal tua história com a bicicleta rs. Achei demais, e muito obrigado por ir no Ócio das letras... Apareça sempre que quiser! Ah, por falar nisso tenho Carvalho no meu sobrenome rs.

    Que você tenha uma bela semana, pra você e tua família!
    Grande abraço Keyla.

    Dan!

    ResponderExcluir
  14. Olá. Olha sua análise ficou muito boa. Hoje me dia é difícil encontrar quem gosta de música de qualidade. Também penso em escrever algumas resenhas de letra de músicas. É bom pois deixa a pessoa que lê mais curiosa. Parabéns! Abraço do Gonçalves.

    ResponderExcluir
  15. Dan é um prazer enorme, tê-lo como amigo, um grande poeta!

    ResponderExcluir
  16. Gonçalves, obrigada por ter gostado, e inspirado vc a fazer novas resenhas... A música em especial esta ela fala muito e não manda recados..srsrs é intrigante, curiosa e incrível...srsrsr

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  17. Keyla, convido a ti e a teus leitores para conhecerem e participarem com suas produções literárias do Urbanasvariedades, o modo long play do Urbanascidades, blog cultural de produção coletiva. Visite urbanasvariedades.blogspot.com. e solte o verbo.
    Um abraço,
    Paulo Bettanin.

    ResponderExcluir
  18. Urbanascidades e Urbanasvariedades juntam os blocos para pular o Carnaval. Hoje a poesia de Lídia la Escriba. Quer música, amanhã ouça Bob Dylan. Na segunda de carnaval conheça o carnaval de 1927 em Porto Alegre. Na terça, o desfile é por conta de um passeio de 10 dias de trem pela Suiça. E na quarta-feira de cinzas os vencedores... do Oscar desde 1929.

    ResponderExcluir
  19. Plenamente de acordo. Poesia, mensagem, musicalidade de primeira.

    abraço, volto.

    ResponderExcluir
  20. Oi, visita. Vem agradecer sua visita rssrrsss brigadão.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...