Sabemos olhar!

11 de ago de 2011

SEU ERRO É A INGENUIDADE

Essa “ingenuidade” é atribuir uma simplicidade extrema ao outro, a falta de bom senso quando falamos tolices e disparates; ou alguém que crê com facilidade em tudo e todos por ignorância.

No entanto, quero frisar que a malícia é pura propensão ao maligno, uma astúcia que engana e devora, muito danosa essa mordacidade pungente.

O ser ingênuo circula no significado de "SEM MALÍCIA", que é um ser natural, INOCENTE e simples.

Encontramos a inocência nas crianças, seres ingênuos que nos fascinam, lembrei-me de uma música do David Quinlan intitulada: Quero ser como Criança.

Essa música desafia o adulto à voltar a ser criança, por se tornar independente, ele é levado aos questionamentos, portanto, voltar a inocência é querer o amor, o afago e o abraço de Deus. É linda demais.

Em particular quero errar com inocência, do que acertar com malícia.

O meu escopo é não crer com facilidades, não dá pareceres ignorantes e não margear nas tolices, mas quero ser ingênua de coração atento e olhar considerado.

3 de ago de 2011

ARREPENDIMENTO


Existe um dito popular:

“Se arrependimento matasse eu estaria morto”.

É uma frase usual nos lamentos por algo que foi feito ou não feito, dito ou não dito.

É desta contrição profunda e pessoal que desejo escrever:
- O arrependimento não mata mesmo, mas a falta dele sim.

No nosso intimo, guardamos muitos sentimentos, características e defeitos, que precisamos trabalhar dia a dia, é nesta elevada consciência de que somos passíveis da arrogância, das certezas nevoadas, um equilíbrio de compasso demorado.

Arrependimento é uma pequena e importante janela de grandes mudanças e é através dela que podemos enxergar horizontes magníficos, para belas fotografias.

O evangelista Lucas em seu capítulo 5 verso 32, diz: “Eu não vim chamar os justos, mas, sim, os pecadores, ao arrependimento”, esse chamado vem do Senhor em sua Glória e Poder, o Verdadeiro que trabalha no íntimo do homem, e cada falha seja revista e levada ao arrependimento.

Então, concluo que arrepender-se é sábio, e edifica uma nova vida, como um “estalo” para a melhoria de nós mesmos.

Portanto, Se arrependimento matasse eu estaria morto ??????
- Não, o arrependimento traz você a vida e jamais a morte.

Pense nisso!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...